© 2016 por Wanderson Miranda de Almeida. Proudly created with WIX.COM

No tempo certo

 

Todo início de ano, na escola, as crianças querem saber com quem vão estudar. É interessante ficar observando cada uma. Algumas fizeram suas escolhas no ano anterior, mas não sabem se vão estudar com o professor escolhido. Outras já escolheram com quem não querem estudar, mas nem sempre dá certo também, fazer o quê?

No ano de 2014, uma aluna ficou na minha lista de alunos, mas ela não quis estudar comigo de jeito nenhum. A menina não podia nem me ver. Se ela se encontrasse comigo no corredor, dava um jeito de passar bem longe de mim ou entrava em outra sala. Era uma coisa muito estranha que foi se arrastando durante todo o ano.

Fim do ano de 2014, início do ano de 2015, a mesma aluna estava na minha lista de alunos. Nos primeiros dias ela não apareceu e eu já imaginava que sua mãe a trocaria de turma de novo, mas me enganei. Em uma tarde normal de aula, as crianças falaram: “Tio, a DAI está chegando com a mãe e com a irmã!”. Logo pensei que estavam vindo me informar que ela iria trocar de turma de novo, mas não era isso. A mãe dela me disse que ela iria estudar comigo, sim. Já havia conversado com ela e não iria mudar de opinião. DAI estava tremendo, olhando para baixo e, com certeza, louca para sua mãe mudar de ideia, o que não aconteceu.

Falei com DAI para entrar, ela partiu para o outro lado da sala e ficou lá, quietinha. Os dias foram passando e eu fui tentando conquistá-la. As coisas foram melhorando e, do meio do ano para a frente, ela já estava à vontade na sala. Nada de carinho com o tio, mas conversa tinha de sobra, uma graça.

Estamos em 2016 e, para minha surpresa, ela está mais próxima de mim ainda. Agora, estuda com outro professor, mas me visita de vez em quando, não foge de mim, até me abraça – quem diria? Quando se encontra comigo, começa a bater palmas e a gritar: “Tio Wanderson, tio Wanderson...”. As coisas mudam, não?

Eclesiastes 3.1 diz que “tudo tem o seu tempo determinado...”. É mais uma das verdades da Palavra de Deus. Não adianta forçar a barra para que algo aconteça se ainda não é o tempo. DAI tinha o tempo dela para se acostumar comigo e isso aconteceu. Muitas coisas vão acontecer conosco, mas na hora certa. Tentar apressar algo para que aconteça rápido nem sempre é uma boa opção. Caminhemos com fé em Deus e sabendo que “há tempo para todo o propósito debaixo do céu.”. Tudo vai acontecer no tempo certo.

 

Wanderson Miranda de Almeida.