E se você morrer hoje?

O dia 5 de novembro de 2021 ficará marcado na história e no coração de muita gente. Esse foi o dia da morte de Marília Mendonça, cantora sertaneja de 26 anos e que vinha fazendo um enorme sucesso.

Marília Mendonça foi a cantora que marcou a reviravolta da música sertaneja, trazendo o protagonismo para as mulheres num estilo que era dominado por homens. Podemos dividir a música sertaneja em dois momentos: antes de Marília Mendonça e depois de Marília Mendonça.

Mas como explicar a morte “prematura” dessa cantora? Nem sei se foi prematura, afinal, quem pode dizer isso? Estaríamos falando na visão dos homens, mas não é o homem quem controla isso. Sendo assim, não podemos explicar.

Uma coisa é certa: a morte chega para todos. Ela não vem baseada no sexo, na idade, na fama, no sucesso, na religião... ela apenas vem. E quando ela chegar, você estará preparado?

Vejo muitas pessoas vivendo como se nunca fossem morrer, melhor dizendo, como se nunca fossem prestar contas a Deus. Essas pessoas são cegas, mortas espiritualmente, estão afundadas na sua ignorância e acreditam que devem “aproveitar” tudo que puderem neste mundo. Mas é assim?

A bíblia fala de um homem que tinha muitos bens. Em determinado momento, suas terras produziram muito, e o que ele fez? Ele pensou, pensou e disse que construiria celeiros maiores para guardar mais e mais. Além disso, ele se mostrava muito tranquilo, já que só pensava nos suprimentos para sua existência: “E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga” (Lucas 12:19).

Mas alguém poderia dizer: “Há algum problema nisso?”. Não, não há problema em ser rico, não há problema em ter reservas para o futuro... o problema é que aquele homem só pensou na questão material. Em nenhum momento o texto diz que ele cuidou da sua vida espiritual, esse foi o problema. E agora, o que ele poderia fazer? “Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?” (Lucas 12:20).

Marília Mendonça morreu. Eu não sei a situação espiritual dela, não sei se ela era serva de Jesus ou não, mas uma coisa eu sei: da mesma forma que ela morreu de repente, sem que ninguém esperasse, sem que a morte avisasse, você também não será avisado. A morte virá, chegará e “o que tens preparado, para quem será?”.

Você pode viver como quiser, pode se planejar para o futuro, pode guardar suas reservas, mas, e se morrer hoje?


Wanderson Miranda de Almeida, 12 de novembro de 2021.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Precisamos levantar a nossa voz

Em um dia desses, estava assistindo à tv, quando, no intervalo, começou a passar o comercial de uma música. Dança pra lá de sensual e uma letra um pouco obscena. Com um pouco de curiosidade, peguei me

Que voz você tem ouvido?

Eu estava aqui, pensando nas diversas vozes do nosso tempo. Mas é bom deixar bem claro que não estou falando das “vozes musicais” (soprano, tenor, baixo...) nem da voz usada na comunicação oral. Quand

Povo medroso

No fim do ano passado, lancei meu livro novo – A Bíblia x a Igreja Católica. Diante de tantas reações, uma que tem chamado a minha atenção é o medo que o nosso povo tem de tocar nesse assunto. Vários