© 2016 por Wanderson Miranda de Almeida. Proudly created with WIX.COM

Escreva sua história espiritual

 

“Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”
(Filipenses 3:12-14).

 

               Como está sua vida espiritual? Você já pensou sobre isso? Já tomou alguma atitude a respeito? Independente do que aconteceu com você até hoje, sua história pode mudar de agora em diante. Que tal começar a escrever uma história espiritual que vai afetar toda a sua vida? Vamos aprender com o apóstolo Paulo?

            Faça uma autoanálise. O apóstolo Paulo deixou bem claro que ele estava olhando para a vida dele e ele fez essa autoanálise: “Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito...”, “quanto a mim, não julgo que o haja alcançado...”. Ele estava analisando a própria vida espiritual, sabia muito bem o nível que já havia alcançado e que ainda não havia atingido total maturidade. É tempo de você parar para fazer uma autoanálise. Sim, você precisa! Olhe para sua vida, veja o nível espiritual que você se encontra, pois é daí que você vai começar a escrever sua história espiritual. O ideal é que você busque ajuda de um cristão experiente, pois ele vai te ajudar a enxergar o quanto você ainda precisa crescer. Que tal começar hoje?

            Esqueça o que passou. “...esquecendo-me das coisas que atrás ficam ...”. O apóstolo Paulo sabia muito bem do que estava falando. No passado, fora perseguidor dos cristãos, mandava matá-los; agora, era um cristão convicto, pregador da Palavra. Você já pensou se ele ficasse se lamentando, murmurando, pensando no tempo que fora gasto dessa forma? A vida dele estaria parada. Querido, você não pode ficar preso a coisas do passado! Não importa se você foi bom ou ruim! Nada do que você tenha feito importa mais. Se você já pediu perdão a Deus, não deixe que o passado continue atrapalhando o seu presente. Há pessoas que sofrem porque magoaram alguém ou porque foram magoadas há um, dois, três, dez anos. Se você é desses, precisa de cura espiritual, a cura que vem do Senhor. Se quer pensar no passado, pense em coisas boas, coisas que vão te animar, te alegrar, te fazer bem. As outras coisas não devem ser lembradas e, se forem, não podem te afetar. Deus já te perdoou.

            Avance! “...e avançando para as que estão diante de mim...”. Avance, marche, prossiga, não pare! Levante a cabeça, olhe para a frente e vá à luta! É importante saber que quando você resolve avançar em sua vida espiritual, o diabo não fica feliz. A Bíblia diz que ele nos acusa, que ele quer nos tragar, que ele lança dardos inflamados para nos atingir, mas a Bíblia também diz que “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”. Enquanto avançamos, teremos problemas, oposições, tribulações, dificuldades, mas temos que depositar nossa confiança em Deus e tudo vai dar certo. Lembra-se de José? Foi vendido pelos irmãos aos midianitas quando tinha dezessete anos, depois foi vendido a Potifar (vendido duas vezes), foi acusado de assédio pela esposa de Potifar, foi preso, foi esquecido pelo copeiro cujo sonho interpretara... Quer mais alguma coisa? Que vida, não? Você acha que José parou, trancou-se num quarto escuro e disse “Oh, vida cruel! Eu quero morrer”? Se pensa, está enganado, pois durante todo esse tempo, a Bíblia diz que Deus estava com José e o fazia prosperar. Sabe por quê? Porque José continuou avançando, marchando, não parou e manteve-se fiel a Deus. José passou por todos esses problemas durante treze anos de sua vida, mas não desistiu. Aos trinta anos, José chegou a ser o segundo homem mais forte do Egito. Só o faraó estava acima dele. Se você continuar avançando, sendo fiel a Deus, Ele vai te honrar. Avance!

            Tenha um alvo. “...prossigo para o alvo...”. Você quer chegar a que lugar? Qual é seu alvo ou quais são seus alvos? Alvos nos movem. Alvos nos motivam. Alvos nos estimulam. Se você estabelecer um alvo para sua vida espiritual, vai acordar todos os dias e vai ter algo a fazer. Sua vida vai ter sentido. Você vai entender que não está aqui por acaso. Quero propor quatro alvos para sua vida espiritual:

  • Coloque o reino de Deus em primeiro lugar. Deixe seu mundinho particular de lado e coloque o Reino de Deus em primeiro lugar na sua vida. Viva para cumprir a missão que Deus te deu, pare de perder tempo com bobagens e coloque Deus como centro da sua vida.

  • Procure viver uma vida de santidade. Santidade tem a ver com aproximação de Deus e afastamento do pecado. Muitos “cristãos” estão brincando com isso, mas Deus diz que devemos ser santos em toda a nossa maneira de viver.

  • Viva pela fé. “Não importam as circunstâncias...”. Não desanime com o que você está vendo ou com as previsões pessimistas. O justo vive pela fé. Independente do que estiver acontecendo, acredite em Deus, entregue seus problemas a Ele e vitórias virão, com certeza.

  • Leve esperança. Os cristãos estão nesse mundo para isso: levar esperança àqueles que a perderam. O nome da esperança é Jesus Cristo. Sim, esse nome deve ser levado a todos os cantos desse mundo. O mundo precisa acreditar que Jesus é a única esperança para esse mundo que “está no maligno”.

 

Faça uma autoanálise, esqueça o que passou, avance e tenha alvos. Acredito, firmemente, que dessa forma você poderá escrever uma linda história espiritual e sua vida será totalmente diferente. Deus te abençoe!

 

Wanderson Miranda de Almeida, 01/04/2016