© 2016 por Wanderson Miranda de Almeida. Proudly created with WIX.COM

Obediência à autoridade

“Toda a alma esteja sujeita às potestades (autoridades) superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus”
Rm 13.1.

 

Gosto muito desse texto e, além de gostar, sinto a necessidade de falar sobre ele, visto que a desobediência tem sido natural no mundo em que vivemos, mesmo dentro das igrejas.

A ordem bíblica é clara: “Toda a alma esteja sujeita às potestades (autoridades) superiores...”. Quem é cristão genuíno, verdadeiro, não vai ter dificuldade com essa ordem. Obedecer é algo natural ao cristão. O texto diz que temos que obedecer a toda autoridade. Não diz para obedecer a algumas autoridades, certo?

Antes de pensar em outras autoridades, quero pensar nas autoridades que estão dentro da igreja. Nela, como em toda instituição existente no nosso planeta, há uma hierarquia que deve ser respeitada, obedecida. O pastor é o principal líder de uma igreja local e minha pergunta é: Você tem obedecido ao seu pastor? Vejo crentes falando com pastores como se eles fossem pessoas comuns, mas não são. Os pastores são autoridades instituídas por Deus, foram chamados por Deus, são pessoas especiais sim, e devem ser obedecidos. Já ouvi falar de uma igreja que queria escolher sobre quais temas o pastor poderia pregar e quais ele não poderia pregar. Também já ouvi sobre alguém que foi com uma roupa que não era comum na igreja, mas a pessoa foi vestida para afrontar o pastor. O nome disso é falta de maturidade espiritual!

Ainda falando de igreja local, todos os líderes devem ser obedecidos, é o que diz o texto. Fico pensando nas pessoas que são completamente obedientes quando estão no trabalho secular mas na igreja... Eu sou professor, trabalho em duas escolas diferentes e só faço o que me é permitido. Não mexo em coisas que não fazem parte do meu trabalho, não me intrometo em coisas que não fazem parte da minha função e, se eu fizer isso, tenho que receber a repreensão sem reclamar e sem fazer biquinho, como muitos crentes fazem quando sofrem uma repreensão por fazerem coisas que não deveriam fazer, por mexerem no que não deveriam mexer, por desrespeitarem autoridades que foram instituídas por Deus. Fazer biquinho quando sofro uma repreensão por algo de errado que estou fazendo é pura falta de maturidade!

Se você é um leitor atento e se já ficou com curiosidade de pegar a Bíblia e ler o capítulo 13 de Romanos, irá perceber que o texto está falando de toda autoridade existente. O texto não é específico sobre igreja, falando até mais especificamente sobre autoridades terrenas. “Toda” autoridade, lembre-se disso! Na igreja, obedeça a seus líderes! Fora da igreja, obedeça a todos que Deus colocou acima de você: pais, professores, chefes, policiais, juízes... A lista é extensa. Creio que não preciso ficar citando mais ninguém aqui. Só não obedeça se tiver que desobedecer a Deus. Sei que não precisava falar isso, mas vale a pena!

Aos desobedientes e que ainda não concordaram com o que foi exposto, deixo o texto: “Por isso quem resiste à potestade (autoridade)  resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação” (Rm 13.2).  Quando você desobedece a uma autoridade instituída por Deus, está ferindo uma lei dele. Cuidado ao desobedecer, pois você pode ser castigado, sofrer algum tipo de pena.

E para encerrar, mais um conselho bíblico: “Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra” (Rm 13.7). E que Deus nos abençoe!

 

Wanderson Miranda de Almeida.

 

Publicado em "O Jornal Batista", 08/11/2015.