© 2016 por Wanderson Miranda de Almeida. Proudly created with WIX.COM

Que o mundo me odeie!

 

Eis o meu objetivo para o ano de 2019: Que o mundo me odeie!

Sei que já estamos em Junho, mas é sempre bom recordar o objetivo traçado no início do ano.

Talvez, algumas pessoas possam ler e não entender o que estou dizendo, mas não é “nada demais”.

Em João 15, no versículo 18, Jesus falou assim: “Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim”. Jesus estava falando com Seus discípulos e informou-lhes sobre isso. O mesmo ódio que tinham de Jesus, também tinham deles.

Se dermos uma olhada no versículo 23, poderemos ver que o ódio do mundo contra Jesus também é contra Deus: “Aquele que me odeia, odeia também a meu Pai”. Seguindo o raciocínio, veremos “três ódios” do mundo: Deus, Jesus e Seus discípulos.

O mundo odeia Deus, odeia Jesus e odeia Seus discípulos. Por que odeia os três? Porque eles falam a mesma língua, defendem os mesmos valores, ensinam as mesmas coisas. Se o mundo odeia um, odiará os outros.

O mundo não conhece Deus – disse Jesus no versículo 21 -, sendo assim, rejeita tudo que vem de dele. Deus enviou Jesus, e ele foi rejeitado; Jesus enviou os discípulos, e eles foram rejeitados; eu sou discípulo de Jesus, então, tenho que ser rejeitado, odiado; por isso disse que quero ser odiado pelo mundo.

Não, não quero me esconder, não quero ser um cristão 007, mas quero defender os valores divinos, viver o que Deus tem para mim, e, fazendo isso, conseguirei atingir meu alvo anual e vitalício: Que o mundo me odeie!

 

Wanderson Miranda de Almeida, 16 de junho de 2019.